Saiba Mais...
Biografia

A GrooVI começou em 2010 como banda de apoio acompanhando artistas de vários estilos, Reggae, Hip Hop e Black Music em Porto Alegre, onde participaram de vários projetos dos quais se destacaram o Projeto Eunificação, Elo na Corrente e Fórum Social Mundial de 2012.

Dentre os cantores que já “groovaram” com a banda, podemos citar Paulo Dionísio (Produto Nacional), Marietti Fialho (Motivos Óbvios), Marzo Couto (Pure Feeling), Ras Sansão, Ras Mateus (BA), Narrador Kanhanga (Angola), Ras Shanti (Uruguai), Jalani Horton (Ilhas Virgens), De Apostle (Ilhas Virgens)e James Mcwhinney (Big Mountain e Vibes Up Strong).

Em 2016 a GrooVI realizou a gravação do seu primeiro Ep que se chama Raízes e Cultura. Este novo trabalho autoral evidencia as composições de Pablo Seea Rasta, que assumiu os vocais da banda, que tem como integrantes também Fernando Catatau (bateria), Saulo Pinheiro (baixo), Amós Pachamama (teclados), William Artuso (guitarra) e Ras Vicente (teclados). Nesse mesmo ano a banda participou do programa Superstar da Rede Globo, mostrando seu Reggae para todo Brasil.

Guiados pelos ensinamentos de RastafarI, a GrooVI surgiu inspirada nas “backing bands” das Ilhas Virgens. A sigla “VI” representa o “New Roots”, música com fundamentos espirituais africanos, carregada de sabedoria e palavras de consciência. Utilizando o mantra da música Reggae como instrumento de meditação e transformação.

Tudo vai melhorar, JAH Sabe tudo que acontece
Músicas

Ouça nossas músicas com participação de vários artistas.



Dê valor a sua vida
Vídeos

Confira alguns vídeos!

Mídias Sociais

Facebook

Curta

Soundcloud

Ouça

YouTube

Assista

Instagram

Veja

Projetos

Não é apenas para o palco que a banda GrooVI leva as boas energias do reggae mas também buscam servir como bom exemplo e ajudar as pessoas por meio de projetos sociais.

Desde 2012, os artistas William Artuso, Saulo Pinheiro, Amos Pachamama, Pablo Seea Rasta e Fernando Catatau buscam fazer valer os preceitos do reggae, que prega amor, paz e respeito ao próximo, em seus encontros com crianças e detentos atendidos pelos projetos sociais Lá Vem a Luz e Direito no Cárcere. Saiba mais sobre as iniciativas:

Direito no Cárcere

Um dos projetos apoiados pela banda se chama Direito no Cárcere. Desde 2012, a GrooVI se apresenta para detentos, no Presídio Central de Porto Alegre. A iniciativa, pioneira no país, dá acesso à leitura e à cultura aos detentos em processo de ressocialização. O contato com a ativista social Carmela Grune possibilitou que a banda tivesse um olhar sobre novas questões.

"Começamos a olhar o outro lado da moeda, o lado dos que estão oprimidos dentro do presídio, que não têm dinheiro para assistir a um show, mas estão ali ouvindo nossa música. É importante esta troca, porque a gente entende o lado deles. Estamos tocando para pessoas simples, humildes e que estão curtindo nossa música de verdade", afirma William. Aproveitando a mensagem consciente do reggae, a banda já vivenciou inúmeras experiências com o Direito no Cárcere, em momentos inesquecíveis como o aniversário do projeto, em que a GrooVI serviu de base para os detentos cantarem para suas famílias.

Lá Vem a Luz

Criado pelo músico Ras Sansão, o projeto Lá Vem a Luz é porta de entrada para crianças do abrigo municipal AR7 na música. Desde 2012, os participantes do SuperStar acompanham as crianças em festivais de música pelo estado, ajudando em composições ou servindo de base para a composição dos pequenos.

Em 2014, a GrooVI e o projeto Lá Vem a Luz venceram a categoria de Melhor Grupo na 4ª edição do Festival de Música da Juventude de Porto Alegre.

"Me arrepio só de lembrar daquelas crianças no palco, cantando um refrão que dizia ‘nós queremos é viver feliz’, e sendo contemplados com o título de melhor grupo", conta Catatau.

Fonte: gshow.com

Zion... Zion... É lá que eu quero estar
Apoios

Estes são nossos apoiadores.

Original Reggae Bá Kombucha Original Productions


Contatos